caracolperfumado@yahoo.co.uk

Imensos mas atrofiados

Ler para quê? Leio pouco. Livros que me distraiam? Estou bastante distraído comigo próprio. Nem bem mesmo os livros que me acrescentam o saber, mas os que me acrescentam a mim. Nós somos imensos mas atrofiados. Importam-me assim os livros que desenvolvam o que sou. Quantas coisas ignoramos que somos, apenas porque o embrião disso se nos não desenvolveu até ser visível. Um livro que me acrescente, não que se me acrescente. O que acumulei é muito. O que fui é muito pouco.

Vergílio Ferreira, Pensar

1 comentário:

Anónimo disse...

Magnifico post, caro Cocleo. Subtil ou brutal, não saberia definir, mas sem duvida que admiro esta tua queda para a citação certa na altura certa. Apliquemos esta magnifica deriva à importância que aplico aqueles objectos multifólios...

Enviar um comentário

caracolperfumado@yahoo.co.uk